FANDOM


Gehar Steimi

Nome: Gehar Steimi

Cargo:

Tribo: j

Auspício: u

Nascimento: o

Posto: Adren

Totem Pessoal: Falcão

Característica: Maníaco-Depressivo

Gehar Steimi é filho do intercâmbio de famílias, também mandado ao Caern da Gruta Funda para aprimorar seu treinamento. Portou-se de maneira correta na guerra contra a Casa do Uivo Austero, mantendo acordos quando feitos, atuando ferozmente quando necessário, sem nenhum ódio em particular contra os derrotados, percebendo o quinhão de política por trás da acusação de corrupção contra esta Casa.

Por sua participação, os Steimi, uma família tida como menor dentro da Casa do Olho Cintilante, ganharam um certo status, e inclusive algumas posses na Inglaterra, em regime de co-gerenciamento com seus primos Barion. Não há malícia neste acordo, cabe dizer. Steimi costuma ser mais favorável/favorecido em relação a esta família.

Escreve longas cartas de saudade para casa, com uma verve e talento mais encontrável em um galliard.

Escreve cartas, também, para o umbra, queimando-as depois de prontas em sacrifício ritual. Poucos sabem disto, mas sua loucura certa vez afugentou um espírito que vinha lhe favorecendo, durante a campanha contra a Uivo Austero. Era um espírito de uma Pomba, pedindo para que se parasse o derramamento de sangue desnecessário contra crianças, filhos de empregados da Uivo Austero, escondidas em um orfanato próximo. Steimi e sua matilha formada -- então contando com Honrado-pela-Prata, Ferida-Profunda e Faixo-de-Luar -- se puseram prontamente a caminho para impedir o infanticídio, e o fizeram com sucesso, onde mais sangue Silver Fang foi derramado: realmente enlouquecidos, alguns do Uivo Austero pretendiam que sua linhagem terminasse ali, ao invés de serem criados pelos seus conquistadores.

A Pomba adotou aquela matilha, até o dia em que Honrado-pela-Prata e Ferida-Profunda brigaram pela klaive do derrotado traidor Vôo-do-Falcão. Apareceu para Steimi, novamente, implorando para que ele intervisse. Em seu comportamento alterado, ele desdenhou da preocupação do espírito com observações sarcásticas e ácidas, afugentando ela, que concluía não haver mais matilha para apadrinhar, para sempre.

Longas e arrependidas vêm sendo as cartas de Steimi, sempre relatando alguma novidade, como se fosse para a família. Aproximou-se de Ferida-Profunda e Faixo-de-Luar tentando prover algum laço em nome das batalhas passadas, mas sem maior sucesso, já que devido a Honrado-pela-Prata, estes dois se tratam com o mínimo contato e máxima cordialidade possível.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.